Hospital Regional de Marabá alcança 96% de aprovação junto aos pacientes

O autônomo Rafael Silva, 38 anos, residente em Parauapebas, foi encaminhado ao Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, para consulta ortopédica devido a fortes dores nas costas. Ele foi atendido no ambulatório da instituição, referência para mais 1 milhão de pessoas, de 22 cidades da região Carajás.

“Fiquei satisfeito com o atendimento que recebi, desde a portaria até os profissionais de saúde, todos foram amigáveis sempre prontos para ajudar no que for preciso. Fui bem acolhido e cuidado, durante todo o momento que estive no hospital”, declarou.

Essa opinião é compartilhada por muitos outros pacientes, que foram atendidos no HRSP. De acordo com dados divulgados pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da instituição, a taxa de aprovação entre os pacientes no mês de abril foi de 96%, um número expressivo que reflete o comprometimento da equipe, em fornecer um atendimento de qualidade.

Aleny Silva, dona de casa, 50 anos, Moradora de São Domingos, foi encaminhada para uma consulta especializada com neurocirurgião na unidade do Governo do Pará, gerenciada pelo Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA). Satisfeita com o atendimento ela é mais uma paciente que elogia os serviços do HRSP.

“Eu nunca imaginei que um hospital pudesse ser um lugar tão acolhedor e humanizado. Desde o momento em que cheguei, fui recebida com carinho e atenção por toda a equipe. O sorriso no rosto dos profissionais, as palavras gentis e o cuidado com os detalhes fizeram toda a diferença durante o meu atendimento”, afirmou.

As pesquisas de satisfação do SAU, são aplicadas diariamente com pacientes nas recepções e unidades de internação da instituição, por meio de questionários impressos, que também são disponibilizados em pontos estratégicos do hospital, e também por ligações telefônicas, que permitem a análise dos serviços sob a ótica dos pacientes.

“Foram realizadas mais de mil abordagens para coletar informações da pesquisa. Entre os aspectos mais bem avaliados pelos pacientes, destacam-se o atendimento humanizado, organização, higiene e limpeza, bem como a cordialidade, e o profissionalismo dos colaboradores”, ressaltou Flavia Fernandes coordenadora do SAU.

“O ótimo índice de satisfação do usuário no Regional de Marabá, demonstra o compromisso do nosso governo em oferecer um serviço público de saúde e qualidade para a população. É gratificante saber que os esforços para melhorar a gestão hospitalar, investir em tecnologia, e capacitar nossos profissionais, geram resultados positivos”, explicou o secretário de saúde do estado Rômulo Rodovalho.

Referência

De acordo com dados do Serviço de Prontuário do Paciente (SPP) da unidade, o Regional de Marabá registrou um aumento no número de atendimentos nos últimos 30 dias, de 15 de abril a 15 de maio. Durante esse período, foram realizados mais de 14 mil atendimentos, em comparação com cerca de 12 mil no mesmo período em 2022.

O HRSP oferece uma ampla gama de serviços para atender às necessidades da comunidade, consultas ambulatoriais em diversas especialidades, exames laboratoriais e de imagem de última geração, cirurgias, sessões de hemodiálise, fisioterapia e terapia ocupacional, procedimentos hemodinâmicos avançados, atendimentos de urgência e emergência, psicossocial, entre outros serviços disponíveis gratuitamente.

O diretor executivo do hospital, Benjamin Ferreira, atribui os bons resultados a gestão da ISSAA, que há um mês gerencia a unidade adotando protocolos e fluxos de trabalho, que promoveram maior eficiência, sem prejudicar a qualidade do atendimento.

“Quero agradecer a equipe do hospital pelo excelente trabalho no último mês, o comprometimento e dedicação de todos foram fundamentais para o sucesso e eficiência alcançada. Estamos satisfeitos com o aumento dos atendimentos, e iremos trabalhar para oferecer cada vez mais um serviço de excelência aos nossos pacientes”, explicou.

Perfil – O HRSP pertence ao Governo do Pará, e desde o último dia 15 de abril é gerenciado pelo Instituto de Saúde Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Atua como referência para procedimentos de média e alta complexidade para mais de 1 milhão de pessoas, em 22 municípios da região.

Fonte: ASCOM/HRSP

Deixe seu comentário
27 C
Belém
- Publicidade -spot_img

Últimas notícias