26 C
Belém

Tartaruga é flagrada em desova na Praia de Salvaterra

Protegendo as Tartarugas: Comunidade de Salvaterra Testemunha Desova na Praia

Mais um emocionante registro da desova de tartarugas marinhas foi feito em Salvaterra, com imagens que rapidamente se espalharam pelas redes sociais. O flagrante foi capturado por uma moradora que estava caminhando pela Praia Grande, nas proximidades da Pousada dos Guarás, na noite desta terça-feira, dia 02.

No vídeo, a moradora se identifica e mostra os rastros deixados pelo animal até o local onde ela está cuidadosamente enterrando os ovos.

A Secretaria de Meio Ambiente de Salvaterra foi imediatamente acionada e uma equipe técnica foi enviada ao local para tomar as medidas necessárias para proteger o ninho. Este já é o segundo ninho cadastrado e monitorado na Praia Grande.

As tartarugas marinhas pertencem à classe dos répteis, da ordem dos quelônios, e estima-se que tenham surgido há cerca de 120 milhões de anos, ainda no período Jurássico.

A proteção desses ninhos é crucial para a preservação da espécie, que está ameaçada de extinção.

Por Dário Pedrosa

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias